fbq('track', 'AddToCart');

Anti-pulgas

Os carrapatos e pulgas são dois problemas mais comuns entre os cães e gatos, mas que também são tão preocupantes como qualquer outra doença ou risco a saúde dos animais em geral, As pulgas se reproduzem muito rápido, são difíceis de exterminar do cão ou gato e se não descobertas logo no início (quando os animais começam a se coçar bastante), podem tornar ainda mais difícil o tratamento antipulgas. Antipulgas para cães e gatos No corpo dos animais, a infestação não é tão grande, mas as pulgas desovam em ambientes, na casa do animal de estimação e é aí que aumentam as infestações no pet, cujo sangue serve de alimento para a pulga, que coloca os ovos no ambiente onde está. No calor, os ovos viram larvas que se alimentam do pó e detritos. Cerca de 95% das pulgas ficam no ambiente e somente 5% no animal. O tratamento antipulgas deve ser usado nos animais, mas, além disso, o ambiente deve ser dedetizado e, caso o serviço seja feito por uma empresa, o animal tem que ficar fora de casa por no mínimo dois dias. Existem também infestações de pulga que são menores e o tratamento só é necessário no animal, sob indicação de um veterinário. Alguns tratamentos antipulgas Pour on: são pequenas bisnagas que começam a agir depois de três dias da primeira aplicação. Podem ser usadas em cães a partir de quatro semanas de idade, de qualquer raça. Pode-se usar em fêmeas gestantes também, mas é indicado utilizar somente depois de duas semanas do parto ou cinco dias antes do parto. E nos filhotes também existe a restrição de usar depois do primeiro mês de vida. Precisando de ideias com nomes de cachorras fêmeas? Clique aqui. O remédio deve ser aplicado sobre o dorso, de preferência na nuca, que é um lugar onde o animal não consegue lamber. Pomadas antipulgas: demoram um pouco para se espalharem pelo corpo do animal, então o efeito desses remédios pode demorar cerca de um dia para começar a fazer efeito e devem ser reaplicadas todo mês. Com a demora de se espalhar, se a infestação for muito grande, é melhor usar shampoos anti-pulgas antes da aplicação das pomadas. Spray antipulgas: deve-se pulverizar no sentido contrário ao que os pelos crescem e deve-se molhar o corpo todo com o remédio, alguns tem ação imediata mas outros podem demorar entre quatro horas ou até três dias para acabar com todas pulgas. Coleiras antipulgas: A vantagem principal é a durabilidade, a reaplicação é feita só depois de alguns meses, são indicadas para animais que vivem em lugares mais abertos e, por causa da grande concentração de remédio em um mesmo local, pode causar irritação na pele, consulte sempre um veterinário para uso em animais já diagnosticados com alergia. Sabonetes e shampoos: devem ser ensaboados por até dez minutos antes de enxaguados e o efeito é imediato, então é sempre uma das primeiras opções em casos de grandes infestações. Talcos antipulgas também podem ser usados no combate contra as pulgas, polvilhados e esfregados contra a pele com a ajuda de uma escova e deve ser retirado depois de poucas horas, quando o remédio já fez efeito. Comprimidos: são eliminados algumas horas depois, mas protegem os cães e gatos até três dias depois do uso do remédio e o efeito começa depois de seis horas. Também são mais usados em casos de grandes infestações. Devemos sempre lembrar que, no caso dos antipulgas de uso tópico, como o Pour On, e o spray antipulgas, as aplicações devem ser feitas com dois dias de intervalo em relação ao banho, ou seja, não deve-se molhar o animal nem 2 dias antes nem 2 dias depois da aplicação do produto. Isto devido a ação do medicamento, que age na gordura sobre a pele do animal, e o uso correto permite a duração adequada do produto. Como matar as pulgas que se encontram no ambiente? Alguns antipulgas usados em cães e gatos acabam agindo no ambiente conforme o bichinho de estimação descama, no entanto a atuação nesse caso é pequena.

Anti-pulgas

Pague com
  • Depósito Bancário
Selos

Petshop e Clínica Veterinária Puppyshow Ltda. - CNPJ: 05.941.264/0001-63 © Todos os direitos reservados. 2018